Malefícios do café: Como ele pode afetar a saúde?

Malefícios do café: Saiba em que casos o café pode fazer mal

Embora geralmente associados a uma boa manhã e a benefícios para a saúde, o malefícios do café também devem ser discutidos e conhecidos pelos consumidores. Evidentemente, malefícios para a saúde costumam acontecer apenas quando seu consumo não é moderado.

Além do consumo exagerado, a predisposição a certas condições, ou doenças já existentes podem ser agravadas com o consumo constante do café. Entenda quais são os malefícios do café, e de que forma ele pode prejudicar sua saúde, quando consumido de maneira exagerada:

Possível aumento da pressão sanguínea

O consumo de cafeína pode aumentar a pressão sanguínea. Isso é especialmente verdade entre aqueles que já possuem predisposição para hipertensão, ou que raramente consumam cafeína em sua rotina.

Pessoas que sofrem de hipertensão costumam perceber efeitos no aumento da pressão sanguínea a partir de duas xícaras consumidas, com duração de duas a três horas. Aqueles que não costumam consumir café e possuem problema de hipertensão apresentam reações ainda mais significativas.

Aumento do risco de ataques cardíacos em jovens adultos

Um estudo realizado no último ano demonstrou que jovens adultos com hipertensão leve possuem o risco de sofrer ataques cardíacos quatro vezes maior quando consomem café, em comparação aqueles que não consomem.

Não há, no entanto, motivos para terror: os testes foram feitos com doses superiores a quatro xícaras diárias. Nestes casos, o risco foi três vezes maior. Não há efeitos conhecidos em relação ao consumo moderado de café.

Risco de desenvolvimento de cistos na mama

Um estudo demonstrou um risco 50% maior de desenvolvimento de cistos na mama, para mulheres que consomem entre 30 e 250 mg de cafeína por dia. Quando o consumo ultrapassa 500 mg por dia de cafeína, o risco pode aumentar em até 130%. Novamente, é uma demonstração de que os malefícios do café concentram-se no consumo exagerado.

Risco de insônia

Pessoas que consomem café perto da hora de dormir podem apresentar sintomas semelhantes à insônia. A recomendação é evitar o consumo em períodos inferiores a seis horas antes da hora de dormir.

Risco de indigestão e problemas estomacais

Um dos principais malefícios do café costuma ser associado a problemas no trato digestivo. Indigestão, azia e dores estomacais são os exemplos mais comuns deste problema. O risco intensifica-se quando a pessoa consome café com o estômago vazio.

Associação a dores de cabeça

Enquanto doses ocasionais de café podem aliviar sintomas como a dor de cabeça, seu exagero costuma estar relacionado a dores intensificadas. É mais um exemplo da importância da moderação no consumo diário.

Diminuição na fertilidade e riscos de aborto

Um estudos realizado pela faculdade de medicina da Universidade de Nevada demonstrou que altas doses de cafeína podem reduzir a fertilidade em até 27%. Além disso, outra publicação demonstrou que mais de duas xícaras diárias podem aumentar moderadamente o risco de abortos espontâneos durante a gestação.

Bebida pouco saudável para  diabéticos

Quem sofre de diabetes do tipo 2 pode ter que reconsiderar a ingestão da bebida. Um dos malefícios do café é que, em organismos diabéticos, ele dificulta a metabolização de glicose, dificultando o funcionamento normal do corpo.