Café na casquinha de sorvete

Ideias como o café na casquinha de sorvete fazem parte daquele rol de criações que não parecem fazer nenhum sentido, mas – por algum motivo – acabam tornando-se um sucesso quase imediato, que chama a atenção da população.

A ideia foi criada na África do Sul através de uma enorme quantidade de tentativas e idealizações, e tornou-se um sucesso online através do compartilhamento das tags que começaram a imitar a ideia ao redor de todo o mundo.

Não faltam motivos – afinal, o que pode ser tão delicioso quanto café, chocolate e uma crocante casquinha de sorvete?

Confira o que é a maluca ideia do café na casquinha de sorvete, seu surgimento, forma de fazer e a hashtag envolvida em seu compartilhamento:

O que é café na casquinha de sorvete?

Essa é a tradução dada pela bebida que consiste em uma receita de café servida em uma casquinha impermeabilizada por dentro com uma espessa camada de chocolate. Impossível ser mais claro (e delicioso) do que isso.

O nome quase literal da receita auxiliou no compartilhamento pela #coffeeinacone (café em um cone), e pela inusitada missão de precisar consumir seu produto em até quatro minutos, para evitar que o “recipiente” derreta-se em suas mãos.

Como surgiu a ideia?

A ideia do café na casquinha de sorvete surgiu na África do Sul, e possui criador registrado. Trata-se do barista Dayne Levinrad, que elaborou a receita na Grind Coffee Company. Sua receita original envolve uma casquinha de sorvete forrada de chocolate em seu interior, que é preenchida com espresso macchiato (misturado com leite).

Sua ideia original é que o consumidor pudesse dar uma mordida na casquinha ao dar o gole de café, misturando doce, amargo e crocante ao mesmo tempo. Não é difícil imaginar os motivos pelo qual a receita tornou-se imediatamente famosa. A pequena cafeteria local rapidamente atingiu centenas de milhares de visitas, e o movimento aumentou significativamente.

Tamanho foi o sucesso que Dayne patenteou as misturas exatas do café na casquinha de sorvete. Obviamente, isso não impediu que outras cafeterias ao redor do mundo copiassem o original – o que é uma ótima notícia para quem não pretende estar na África do Sul em breve, mas gostaria de experimentar ao menos uma versão desta bebida.

Como fazer?

Para quem pretende fazer sua própria versão de café na casquinha de sorvete, a má notícia é que a receita exata permanece um segredo da cafeteria onde foi criada. O processo básico, no entanto, é conhecido, e exige um pouco de habilidade e instrumentos.

Utiliza-se uma casquinha de sorvete cônica tradicional. Com chocolate derretido, forra-se seu interior, não de forma que a casquinha fique com uma recheio maciço de chocolate, mas de forma que todo seu interior tenha uma camada “segura” de cobertura. Com o chocolate já colocado e mais seco, serve-se café espresso misturado com leite e a receita está pronta.

É importante beber o líquido o quanto antes, pois o chocolate não resiste por mais do que alguns minutos até derreter, permitindo que o café alcance a casquinha e também a derreta.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *